Procedimentos

Está atualizado com as mais modernas técnicas de tratamento de fraturas simples e complexas , assim como técnicas cirúrgicas menos agressivas e invasivas. Para o tratamento de artrose de quadril e joelho, diversas modalidades de tratamento não cirúrgico podem ser realizadas antes de se partir para a cirurgia, mas quando ela é inevitável, o Dr. André Ferrari tem grande experiência com as artroplastias.

No que se refere à Oncologia Ortopédica, sua área de excelência, ele tem grande experiência no diagnóstico de lesões ósseas (“manchas” no osso).
Muitos tipos de lesões benignas não requerem tratamento algum, enquanto outras, apesar de sua benignidade, exigem tratamento cirúrgico. As opções cirúrgicas para os tumores benignos ou malignos são muito variadas e devem ser estudadas caso a caso, mas podem variar desde uma simples ressecção (sem sequer necessidade de reconstrução) até a ressecção total e reconstrução com uma endoprótese.

Outras cirurgias que fazemos com frequência são: curetagem da lesão e preenchimento da cavidade resultante com subsituto ósseo; fixação profilática (às vezes a lesão pode fragilizar o osso a ponto de causar uma fratura mesmo sem haver um trauma; antes de ocorrer a fratura o organismo dá alguns sinais, dentre eles a dor no local; a fixação profilática tem por função impedir a fratura e controlar a dor); correção de deformidades (osteotomias); e diversas outras modalidades reconstrutivas, além das endopróteses, como por exemplo o uso de banco de tecidos (“transplante” de ossos).