imagem que representa a logomarca do Dr. André Ferrari
imagem que representa um ícone de relógio HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a sexta: das 8h às 18h

Quais são os sintomas e fatores de risco para o desenvolvimento de displasias?

Postado em: 18/02/2023

Displasia óssea constitui um grupo de doenças genéticas que acomete o osso e a cartilagem durante o seu desenvolvimento. Ela altera a forma, o tamanho e a constituição dos ossos e cartilagens do corpo. Essas alterações podem não ser diagnosticadas logo após o nascimento da criança, mas sim durante o seu crescimento e desenvolvimento.

São doenças raras e distintas e de origem genética. Fazem parte deste grupo mais de 431 doenças diferentes.

Para o diagnóstico da displasia são considerados aspectos clínicos, radiográficos e exames genéticos. O exame clínico fornece diversos subsídios para a identificação da enfermidade e elaboração de um plano de tratamento. As características mais relevantes do distúrbio são: baixa estatura, forma e aspecto da face. Tronco e membros também possuem sintomas específicos da displasia. 

Uma das displasias mais frequentes é a acondroplasia. É causada por um defeito do gene FGFR3 e provoca alterações faciais, membros curtos e desproporcionais em relação ao tronco, mão com aspecto em tridente e deformidades articulares.

O tratamento  é individualizado para cada criança e, em geral, estimula o desenvolvimento motor e a correção das deformidades. Seu objetivo é minimizar o tempo de imobilização e restaurar os movimentos do paciente.

Quer saber mais sobre o assunto? Consulte o Dr. André Ferrari, especialista em Oncologia Ortopédica há mais de 10 anos!

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.


imagem que representa a logomarca do whatsapp