imagem que representa a logomarca do Dr. André Ferrari
imagem que representa um ícone de relógio HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a sexta: das 8h às 18h

Quais são os sintomas de metástase óssea?

Postado em: 05/06/2024

Quais são os sintomas de metástase óssea?

Como especialista em Oncologia Ortopédica, tenho observado de perto as nuances do câncer nos ossos, especialmente a Metástase Óssea, que é a mais comum dentre os tipos dessa doença. 

Interessantemente, essas metástases não se originam nos ossos; elas começam em outros órgãos do corpo, como pulmões, mamas, próstata, rins, tireoide ou trato gastrointestinal, e eventualmente afetam o esqueleto. 

Hoje vou explicar um pouco mais sobre essa condição, então continue sua leitura para tirar dúvidas. Podemos começar?

Entendendo a metástase óssea

Uma “Metástase Óssea” pode acometer qualquer osso, mas é mais frequente nos que estão mais próximos do eixo central do corpo, como a coluna vertebral, que é o local mais comum. 

Outros locais frequentemente afetados incluem o quadril (pelvis), o fêmur, o úmero, as costelas e o crânio. 

Possíveis sintomas da metástase óssea

Começo assintomático

Um detalhe intrigante sobre a metástase óssea é que ela pode permanecer assintomática inicialmente, tornando-se um desafio diagnóstico.

Sintomas nos ossos

Quando indícios começam, o sintoma mais comum de metástase óssea é a dor óssea, que geralmente se intensifica durante a noite e pode diminuir com o movimento. Com a progressão da doença, essa dor pode se tornar constante e se agravar com qualquer atividade física. 

Além disso, as metástases ósseas frequentemente provocam fraturas ósseas espontâneas e um aumento de volume no local atingido, devido à fragilidade e deformidade óssea causadas pelo câncer.

Outros sintomas possíveis 

À medida que as células cancerígenas afetam a matriz óssea, pode haver liberação de cálcio no sangue, o que pode levar a um estado de hipercalcemia, caracterizado pelo excesso de cálcio no sangue. 

Este estado pode causar diferentes sintomas, incluindo náuseas, vômitos e confusão mental, havendo também o risco de insuficiência renal.

O tratamento de metástases ósseas

É possível tratar a condição para reduzir, bloquear ou retardar seu crescimento. O tratamento geralmente envolve uma combinação de terapias e, em alguns casos, cirurgia. 

Essas intervenções visam controlar os sintomas e melhorar significativamente a qualidade de vida do paciente.

Em minha prática clínica, tenho uma abordagem detalhada e cuidadosa, sempre focada no bem-estar e conforto dos indivíduos

A comunicação é um ponto central no meu relacionamento com eles, pois acredito que entender completamente sua condição e as opções tratamento disponíveis é crucial para o manejo eficaz da doença e para a tomada de decisões informadas.

Na jornada contra as metástases ósseas, é fundamental discutir as opções de tratamento em detalhes. Confira algumas opções que podem ser indicadas de acordo com as particularidades de cada caso.

Radioterapia 

A radioterapia é frequentemente utilizada para aliviar a dor e controlar o crescimento de metástases ósseas. Esta modalidade pode oferecer alívio significativo, especialmente para pacientes que experimentam dor intensa devido à compressão nervosa ou fraturas ósseas. 

Além disso, a radioterapia pode ser uma opção para pacientes que não são candidatos a cirurgias mais invasivas devido ao estado avançado da doença ou outras condições de saúde coexistentes.

Quimioterapia 

A quimioterapia, por outro lado, pode ser recomendada dependendo do tipo de câncer primário e da extensão da disseminação. 

Avanços recentes nessa área têm permitido tratamentos mais direcionados e com menos efeitos colaterais em diversos casos. 

Outras modalidades terapêuticas podem ser consideradas de acordo com as particularidades do quadro. 

Cirurgia

Em alguns casos selecionados, a cirurgia pode ser indicada para estabilizar os ossos e aliviar a compressão medular. 

As técnicas cirúrgicas podem variar desde procedimentos minimamente invasivos, como a vertebroplastia, até operações mais complexas para a remoção de tumores e reconstrução óssea. 

Essas decisões cirúrgicas são tomadas com base em uma avaliação detalhada da localização do tumor, o estado geral de saúde do paciente e a resposta a outros tratamentos.

Suporte emocional

Além de modalidades, é fundamental abordar o suporte emocional e psicológico necessário para os pacientes e suas famílias. 

O diagnóstico de câncer e a subsequente descoberta de metástases ósseas podem ser extremamente desafiadores. 

Por isso, incentivo o aconselhamento psicológico e o suporte de grupos de pacientes, o que pode ser incrivelmente valioso para ajudar a lidar com o impacto emocional da doença.

Gestão do bem-estar

Finalmente, a gestão da qualidade de vida continua sendo um pilar central do tratamento da metástase óssea. 

Intervenções como fisioterapia e manejo da dor são integradas ao plano de tratamento para ajudar a melhorar a mobilidade, reduzir a dor e favorecer a força física. 

Cada paciente recebe um plano de cuidados personalizado, projetado para atender suas necessidades específicas e apoiá-lo ao longo de sua jornada de tratamento.

Em resumo, como ortopedista especializado em oncologia ortopédica, meu objetivo é não apenas tratar a metástase óssea, mas também melhorar a qualidade de vida dos meus pacientes.

Espero que o conteúdo tenha ajudado. Entre em contato pelo WhatsApp para mais informações sobre o meu trabalho!

Dr. André Ferrari de França Camargo
Oncologia Ortopédica
CRM 124.892 | RQE 68641 

Leia também:

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.


imagem que representa a logomarca do whatsapp