imagem que representa a logomarca do Dr. André Ferrari
imagem que representa um ícone de relógio HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a sexta: das 8h às 18h

Oncologia Ortopédica: Como a medicina personalizada está sendo aplicada no tratamento do câncer nos ossos

Postado em: 22/11/2023

A medicina personalizada pode trazer contribuições importantes para o tratamento de Câncer nos Ossos, considerando particularidades dos pacientes e a adaptação de terapias. Hoje vamos conversar sobre o que é essa abordagem na medicina, comentando como ela atua.

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto! Vamos lá?

Oncologia Ortopédica: Como a medicina personalizada está sendo aplicada no tratamento do câncer nos ossos

O que é a medicina personalizada?

A medicina personalizada é uma abordagem que busca adaptar os cuidados de saúde às particularidades específicas de cada paciente e da doença que ele apresenta. No contexto da oncologia, essa abordagem torna-se especialmente importante, considerando as características que variam nos tumores em cada caso.

Uma parte da medicina personalizada na oncologia é a medicina genômica. Ela envolve o estudo do genoma de um indivíduo, analisando suas informações genéticas para compreender melhor as predisposições e as mutações específicas do câncer. 

A análise genômica permite identificar marcadores específicos e compreender outras características do tumor, contribuindo significativamente para a escolha de uma terapia ou forma de tratamento mais adequada em cada caso. Isso é importante, inclusive, porque essas características tumorais podem variar de paciente para paciente.

A medicina personalizada também considera particularidades do indivíduo, como outros aspectos do seu organismo e suas preferências para a orientação de tratamentos. Ela ainda pode contribuir para prevenções e diagnósticos mais precisos. 

Qual o papel da medicina personalizada no tratamento do câncer nos ossos? 

A medicina personalizada busca estratégias adaptadas às características únicas de cada paciente e de seu câncer. Os tumores ósseos, como o osteossarcoma, apresentam uma diversidade molecular, que é considerada por essa abordagem para analisar qual tratamento é capaz de gerar uma melhor resposta. 

A medicina personalizada visa oferecer abordagens mais precisas e eficazes. A análise genômica é importante nesse contexto, pois ao sequenciar o DNA do paciente, os pesquisadores podem identificar mutações específicas e perfis genéticos associados ao tumor. 

Essa compreensão aprofundada permite a seleção de terapias, muitas vezes visando componentes moleculares específicos responsáveis pelo crescimento tumoral.

Terapias-alvo são um exemplo notável de aplicação da medicina personalizada em tumores ósseos. Identificando biomarcadores específicos, os médicos podem prescrever medicamentos projetados para atingir esses alvos específicos. Esse tipo de terapia, porém, nem sempre é o mais indicado, e a análise genômica também ajuda a verificar isso.

Além disso, a personalização do tratamento considera a variabilidade na resposta individual, permitindo ajustes ao longo do tempo para otimizar os resultados.

Outro avanço importante é a imunoterapia personalizada para o câncer ósseo. Essa abordagem envolve estimular o sistema imunológico do paciente a reconhecer e atacar as células cancerosas. 

A medicina personalizada nesse contexto visa identificar antígenos específicos do tumor, possibilitando a criação de terapias imunológicas sob medida para cada caso. Mais uma vez, é importante verificar se esse tipo de terapia é recomendável para cada caso.

Além dos tratamentos direcionados, a medicina personalizada impacta a gestão global do paciente com câncer ósseo. A previsão de respostas individuais aos tratamentos e a avaliação de riscos genéticos contribuem para decisões mais informadas sobre cirurgias, radioterapia e estratégias de acompanhamento pós-tratamento.

Em resumo, a medicina personalizada no tratamento do “Câncer nos Ossos” pode ser uma abordagem muito importante em diferentes casos, considerando a diversidade genética dos tumores e pacientes. Vale lembrar que no tratamento de câncer ósseo são importantes profissionais como oncologistas e ortopedistas por exemplo. Esperamos que o conteúdo tenha ajudado. O Dr. André é ortopedista. Você pode entrar em contato pelo WhatsApp para mais informações sobre o seu trabalho!

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.


imagem que representa a logomarca do whatsapp