imagem que representa a logomarca do Dr. André Ferrari
imagem que representa um ícone de relógio HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a sexta: das 8h às 18h

Quais exames são utilizados para diagnosticar Metástases Ósseas?

Postado em: 26/06/2023

Metástases Ósseas são a disseminação de células cancerígenas a partir de um tumor primário para os ossos, resultando em complicações como dor, fraturas e compressão nervosa. O diagnóstico e o tratamento adequado são essenciais para melhorar a qualidade de vida do paciente, então hoje vamos trazer mais detalhes sobre esses assuntos. Continue sua leitura e entenda!

Metástases Ósseas

O que são metástases ósseas?

Metástases ósseas são a disseminação de células cancerígenas a partir de um tumor primário para os ossos. O câncer que se origina em outros órgãos, como mama, próstata, pulmão ou rim, pode se espalhar para os ossos através da corrente sanguínea ou do sistema linfático. 

Essas células cancerígenas invadem o tecido ósseo circundante, causando a formação de tumores secundários. As metástases são um dos tipos mais comuns de câncer ósseo e ocorrem com maior frequência em adultos. 

Os ossos mais afetados geralmente são a coluna vertebral, a bacia, o crânio, os fêmures e as costelas. No entanto, qualquer osso pode ser afetado.

Os sintomas das metástases ósseas variam de acordo com a localização e a extensão do tumor. Alguns dos mais comuns incluem

  • dor óssea persistente;
  • fraqueza;
  • fraturas ósseas patológicas (fraturas que ocorrem sem lesão significativa);
  • compressão da medula espinhal, que pode levar a sintomas neurológicos, como dormência, fraqueza e problemas de coordenação.

As metástases ósseas são consideradas estágios avançados do câncer. Seu manejo requer uma abordagem multidisciplinar, envolvendo oncologistas, cirurgiões ortopédicos, radioterapeutas, fisioterapeutas e outros profissionais de saúde, para garantir um cuidado abrangente e personalizado ao paciente.

Quais são os exames realizados para diagnosticar metástases ósseas?

Para diagnosticar metástases ósseas, uma combinação de exames é geralmente utilizada para avaliar a presença, localização e extensão do envolvimento do osso. Alguns dos exames comumente empregados incluem:

  • Radiografias: As radiografias são uma ferramenta de imagem inicial para avaliar alterações ósseas. Elas podem revelar áreas de destruição óssea, lesões líticas (áreas onde o osso é destruído) ou lesões blásticas (áreas onde o osso é formado excessivamente). No entanto, as radiografias podem não detectar metástases ósseas em estágios iniciais ou em áreas de difícil visualização;
  • Tomografia Computadorizada (TC): A TC é uma técnica de imagem que combina raios-X e computadores para criar imagens detalhadas de seções transversais do corpo. É útil na detecção de lesões ósseas pequenas e na avaliação da extensão do envolvimento ósseo;
  • Ressonância Magnética (RM): A RM utiliza campos magnéticos e ondas de rádio para criar imagens detalhadas dos tecidos moles e ossos. Ela é especialmente útil na detecção precoce de metástases ósseas e na avaliação de lesões na medula espinhal. A RM pode fornecer informações adicionais sobre a natureza das lesões, como invasão da medula óssea ou compressão nervosa;
  • Cintilografia Óssea: A cintilografia óssea é um exame de imagem no qual uma pequena quantidade de material radioativo é injetado na corrente sanguínea. Ele se acumula em áreas de atividade óssea anormal, como  nas metástases, e uma câmera especial é usada para capturar imagens do corpo, mostrando as áreas onde o material radioativo se concentra. A cintilografia pode detectar metástases ósseas em estágios iniciais e em múltiplos locais, mas não fornece detalhes anatômicos precisos;
  • Biópsia: Em alguns casos, uma biópsia do tecido ósseo pode ser realizada para confirmar a presença de metástases. Isso envolve a coleta de uma amostra do tecido ósseo afetado para análise laboratorial. A biópsia pode ser feita por meio de uma punção com agulha fina guiada por imagem ou por meio de uma cirurgia minimamente invasiva.

Como funciona o tratamento das metástases ósseas?

Quanto aos tratamentos disponíveis para metástases ósseas, as opções variam dependendo de vários fatores, como o tipo e a localização do câncer primário, o estado geral de saúde do paciente e a extensão do envolvimento ósseo. Alguns tratamentos comuns incluem:

  • Radioterapia: A radioterapia usa radiação de alta energia para destruir células cancerígenas. Pode ser usada para aliviar a dor, controlar o crescimento tumoral e fortalecer ossos enfraquecidos. A radioterapia pode ser administrada externamente (feixe externo) ou internamente (implantes radioativos);
  • Terapia Medicamentosa: Drogas específicas podem ser prescritas para tratar metástases ósseas, como bisfosfonatos e denosumabe. Essas medicações ajudam a reduzir a dor, prevenir complicações ósseas, como fraturas, e inibir a atividade das células cancerígenas nos ossos;
  • Cirurgia: Em alguns casos, a cirurgia pode ser considerada para tratar metástases ósseas. Ela pode ser realizada para estabilizar ossos fraturados ou para remover lesões ósseas que estão causando dor ou compressão nervosa. A cirurgia também pode ser combinada com outros tratamentos, como radioterapia;
  • Terapia Sistêmica: Dependendo do tipo de câncer primário, terapias sistêmicas, como quimioterapia, terapia hormonal ou imunoterapia, podem ser usadas para controlar o câncer primário e reduzir as metástases ósseas.

É fundamental que o tratamento seja individualizado e planejado em colaboração com uma equipe médica multidisciplinar, incluindo oncologistas, cirurgiões ortopédicos, radioterapeutas e outros especialistas, para fornecer o melhor cuidado possível ao paciente com metástases ósseas.

Em resumo, “metástases ósseas” exigem abordagem multidisciplinar. Exames como radiografias, TC, RM e cintilografia óssea são utilizados para diagnosticar a condição. O tratamento pode envolver radioterapia, terapia diferentes terapias, visando aliviar a dor, estabilizar os ossos e melhorar a qualidade de vida. 

Espero que o conteúdo tenha ajudado. Para agendar uma consulta, entre em contato pelo Whatsapp!

Leia também:

Oncologia ortopédica: como a equipe multidisciplinar trabalha junta para o melhor tratamento do câncer nos ossos

O que são displasias e quais são os tipos mais comuns?

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.


imagem que representa a logomarca do whatsapp