imagem que representa a logomarca do Dr. André Ferrari
imagem que representa um ícone de relógio HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a sexta: das 8h às 18h

Quais são os sintomas mais comuns do câncer ósseo?

Postado em: 31/01/2024

Os sintomas de Câncer Ósseo podem variar, podendo inclusive não ocorrer ou ser sutis, especialmente em certos estágios e circunstâncias. Hoje vamos conversar um pouco mais sobre o assunto, comentando também sobre o diagnóstico dessa doença e exemplos de métodos de tratamento.

Continue a leitura para conferir! Vamos lá?

Quais são os sintomas mais comuns do câncer ósseo?

Quais são os sintomas mais comuns do câncer ósseo? Pode não haver sintomas? 

O Câncer Ósseo pode não apresentar sintomas. Os sinais podem ser sutis ou mesmo ausentes, especialmente em estágios iniciais.

Contudo, quando os sintomas ocorrem, eles podem incluir dor persistente, inchaço na região afetada, fragilidade óssea, fraturas espontâneas ou dificuldade de movimentação. Pode haver apenas um ou mais de um desses sinais.

Como é feito o diagnóstico de câncer ósseo? 

O diagnóstico completo de câncer ósseo utiliza uma combinação de exames clínicos, de imagem e laboratoriais. Em alguns casos, indícios do tumor podem aparecer em exames realizados por outros motivos, como avaliações de lesões músculo esqueléticas, mas é preciso uma abordagem mais precisa para confirmar a doença.

Exames de imagem desempenham um papel importante nesse contexto. Radiografias são frequentemente o ponto de partida, revelando alterações estruturais nos ossos. 

Tomografias computadorizadas (TC) e ressonâncias magnéticas (RM) fornecem imagens mais detalhadas, permitindo a avaliação do tamanho e da extensão do tumor. A confirmação diagnóstica geralmente é obtida por meio de biópsia, na qual uma amostra de tecido é retirada da área suspeita. 

Essa amostra é então examinada microscopicamente para identificar a presença de células cancerígenas e determinar o tipo de câncer ósseo. Além disso, exames de sangue e marcadores tumorais podem ser realizados para avaliar a presença de substâncias que indicam a atividade do câncer. 

A combinação dessas abordagens permite aos profissionais um diagnóstico preciso, determinar o estágio da doença e planejar o tratamento mais adequado para o paciente. 

Quais são exemplos de tratamento para câncer ósseo? 

O tratamento de câncer ósseo varia de acordo com o tipo específico do tumor, seu estágio e localização, sendo frequentemente personalizado para atender às necessidades individuais de cada paciente. Confira alguns exemplos de métodos.

Cirurgia

O objetivo da cirurgia, quando indicada, é remover as células cancerígenas (o tumor). Em alguns casos, pode ser necessário realizar enxertos ou próteses.

Radioterapia

A radioterapia utiliza feixes de radiação para destruir ou danificar as células cancerígenas. Em alguns casos, ela pode ser administrada antes da cirurgia para reduzir o tamanho do tumor, após a cirurgia para eliminar células residuais, ou como tratamento principal quando a cirurgia não é indicada.

Quimioterapia

A quimioterapia envolve o uso de medicamentos anticancerígenos para destruir ou inibir o crescimento das células cancerígenas. Quando indicada, dependendo do caso, ela pode ser utilizada em combinação com a cirurgia e/ou outras terapias, ou ser o tratamento principal. 

Terapias-alvo

Terapias-alvo são medicamentos que visam especificamente as células cancerígenas. Elas podem ser usadas isoladamente ou em combinação com outros tratamentos.

Imunoterapia

A imunoterapia atua no sistema imunológico do paciente, para que ele combata as células cancerígenas. Assim como os demais tratamentos, devem ser consideradas características das células tumorais para sua indicação.

Esses foram alguns exemplos de métodos de tratamento. A escolha do tratamento é baseada na avaliação médica, considerando fatores como tipo de câncer, estágio da doença e saúde geral do paciente e metas terapêuticas. O acompanhamento próximo e a abordagem integrada são essenciais para otimizar os resultados e melhorar a qualidade de vida do paciente durante o tratamento do câncer ósseo.

Esperamos que o conteúdo tenha ajudado. Para ter informações sobre o trabalho do Dr. André, você pode entrar em contato pelo WhatsApp!

Leia também:

Câncer Ósseo: como a equipe multidisciplinar trabalha junta para o melhor tratamento

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.


imagem que representa a logomarca do whatsapp