imagem que representa a logomarca do Dr. André Ferrari
imagem que representa um ícone de relógio HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a sexta: das 8h às 18h

O Câncer nos Ossos: como detectar e prevenir o desenvolvimento

Postado em: 05/06/2023

O Câncer nos Ossos, ou sarcoma ósseo, é uma condição que requer detecção e tratamento adequado. É importante ter atenção aos sintomas e procurar ajuda profissional em caso de dúvidas, por exemplo. Continue sua leitura e entenda mais sobre o diagnóstico dessa doença e as intervenções utilizadas para tratá-la.

Câncer nos Ossos

Como o câncer nos ossos é detectado?

O câncer nos ossos, também conhecido como sarcoma ósseo, é uma forma rara de câncer que se desenvolve nas células dos ossos. A detecção precoce traz grandes contribuições para um tratamento adequado e melhores resultados. 

Existem vários métodos e sintomas que podem indicar a presença dessa doença. Confira exemplos:

Sintomas

Os sinais do câncer nos ossos podem variar dependendo da localização e do estágio da condição, mas alguns dos mais comuns incluem:

  • Dor óssea: A dor pode ser persistente e piorar à noite ou durante a atividade física. Inicialmente, a dor pode ser atribuída a lesões ou traumas, mas se persistir por um longo período de tempo, pode ser um sinal de câncer nos ossos;
  • Inchaço e deformação: À medida que o câncer nos ossos progride, pode ocorrer inchaço ao redor da área afetada. O osso também pode parecer deformado;
  • Fraqueza e fadiga: O câncer nos ossos pode enfraquecer o osso afetado, resultando em fraturas espontâneas ou fácil quebra do osso. Isso pode levar à fraqueza muscular e fadiga;
  • Perda de peso inexplicada: Perda de peso significativa e não intencional pode ser um sintoma de vários tipos de câncer, incluindo câncer nos ossos;
  • Febre: Em alguns casos, o câncer nos ossos pode levar ao desenvolvimento de infecções ósseas, resultando em febre persistente;
  • Limitação de movimento: O câncer pode afetar as articulações próximas, levando a restrição de movimentos e dificuldade em realizar atividades cotidianas.

É importante ressaltar que esses sintomas não são exclusivos do câncer nos ossos e podem ter outras causas. No entanto, ao apresentá-los, é fundamental procurar um médico para uma avaliação adequada e um diagnóstico preciso.

Diagnóstico

O diagnóstico do câncer nos ossos envolve uma variedade de técnicas e exames, que podem incluir:

  • Exames de imagem: Radiografias, tomografias computadorizadas (TC) e ressonância magnética (RM) podem ser usadas para visualizar os ossos e detectar quaisquer anormalidades, como lesões ou tumores;
  • Biópsia: Uma biópsia envolve a remoção de uma amostra do tecido ósseo para análise laboratorial. Isso é feito para determinar se as células são cancerosas e qual o tipo específico de câncer ósseo;
  • Cintilografia óssea: Nesse exame, é injetada uma pequena quantidade de material radioativo no corpo, que é absorvido pelas células ósseas. Uma câmera especial é usada para detectar áreas de atividade anormal nos ossos;
  • Exames de sangue: Embora não possam diagnosticar diretamente o câncer nos ossos, certos exames de sangue podem ajudar a detectar níveis elevados de certas enzimas ou proteínas que podem estar associadas ao câncer ósseo.

Uma vez que o câncer é diagnosticado, o tratamento dependerá do estágio da doença, da localização e de outros fatores individuais. 

Como prevenir o desenvolvimento do câncer nos ossos? 

Após o diagnóstico de câncer nos ossos, o foco principal é no tratamento da doença. Existem algumas medidas que podem ser adotadas para ajudar a prevenir o avanço da condição, como:

  • Iniciar o plano de tratamento: É preciso contar com um médico qualificado e especializado em Oncologia Ortopédica para elaborar um plano de tratamento adequado. Isso pode incluir cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou outras formas de terapia. Seguir o plano adequado é fundamental para combater o câncer nos ossos;
  • Adotar um estilo de vida saudável: Manter um estilo de vida saudável pode ajudar a fortalecer o sistema imunológico e melhorar a resposta do organismo ao tratamento. Isso inclui uma dieta balanceada, rica em frutas, legumes, grãos integrais e proteínas magras. Evitar o consumo de álcool e tabaco também é importante, pois esses hábitos podem enfraquecer o sistema imunológico e aumentar o risco de complicações;
  • Manter-se ativo: Exercícios físicos regulares podem ajudar a fortalecer os ossos e os músculos, além de melhorar a saúde geral. Consulte o médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios para garantir que seja adequado ao seu caso específico. O médico pode fornecer orientações sobre os tipos de atividades físicas mais apropriadas para você;
  • Monitorar a saúde óssea: Para aqueles que tiveram câncer nos ossos, é importante monitorar regularmente a saúde óssea após o tratamento. O médico pode solicitar exames de imagem, como radiografias ou exames de densidade mineral óssea, para verificar a densidade e a integridade dos ossos;
  • Siga as orientações médicas: Mantenha contato regular com a equipe médica e siga as orientações de acompanhamento. Os profissionais podem recomendar exames de acompanhamento, como exames de sangue, radiografias ou outros testes para monitorar o progresso e identificar qualquer recorrência precoce. Participe ativamente do seu tratamento e mantenha uma comunicação aberta com a equipe médica.

A prevenção do desenvolvimento do “CÂNCER NOS OSSOS“ após o diagnóstico se baseia no tratamento adequado e no estilo de vida saudável. Adesão ao plano de tratamento, adoção de hábitos adequados e monitoramento regular da saúde óssea são fundamentais para combater a doença e alcançar melhores resultados.

Esperamos que o conteúdo tenha ajudado. Para agendar uma consulta com o Dr. André Ferrari, você pode entrar em contato pelo WhatsApp!

Leia também:

Oncologia ortopédica: como a equipe multidisciplinar trabalha junta para o melhor tratamento do câncer nos ossos

O que é sarcoma e quais são os tipos mais comuns?

Este post foi útil?

Clique nas estrelas

Média / 5. Votos

Seja o primeiro a avaliar este post.


imagem que representa a logomarca do whatsapp